fbpx

Qual a importância do orçamento pessoal e familiar?

orçamento
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O planejamento financeiro é um processo que ajuda as pessoas e as famílias a organizarem a sua vida financeira, seja para elaborar estratégias, definir objetivos de vida e principalmente ter um orçamento saudável.

Sabe aquele sonho de uma viagem para o nordeste, ou até mesmo para o exterior? Ele só é possível quando nós planejamos.

Mas antes de se programar para qualquer sonho, as pessoas devem conhecer a sua situação financeira pessoal e do grupo familiar ao qual pertencem.

Afinal, entender as situações à nossa volta e as possibilidades de ajustes que podemos fazer, nos direciona as melhores decisões e mais adequadas sobre gastos e investimentos.

Por onde começar seu orçamento?

Mas não adianta apenas criar o seu planejamento financeiro, nós precisamos manter um controle sobre ele.

Este controle pode ser feito através do caderninho, planilha, aplicativo, ou qualquer outra ferramenta que se sinta confortável, o importante é fazer.

Orçamento Pessoal

Nesse caso, identificamos uma única pessoa, onde existe apenas um indivíduo dependente deste orçamento.

Se este indivíduo possui sonhos, desejos e objetivos de curto, médio e longo prazo, ele precisa se organizar para isso, principalmente se isto for te custar um valor monetário.

Orçamento Familiar

Aqui, tratamos de todos os membros envolvidos no planejamento e orçamento da família, que dependem deste orçamento para sobrevivência.

Lembrando que, o provedor da receita (seja o pai, a mãe, o filho, etc) não é o único a se preocupar com as finanças, todos precisam participar.

Ou seja, desde pequenas as crianças precisam entender para que serve o dinheiro e como ele deve ser utilizá-lo.

Todos fazem o consumo de água, luz, alimentação, então todos possuem o dever de economizar e ajudar para que a família possa crescer financeiramente.

Principais desafios

Hoje em dia poucas pessoas possuem conhecimento sobre o seu orçamento, seja pela receita líquida que possui, ou até mesmo dos gastos que têm ao longo do mês e ano.

Se não sabemos o quanto recebemos e o quanto gastamos, podemos ir à falência, assim como as empresas. Ou seja, o desconhecimento não nos favorece, em nenhum momento da vida.

Logo, conhecer seu orçamento levará você a tomar decisões mais compatíveis com a sua saúde financeira.

Objetivos financeiros podem mudar ao longo dos anos, seja de uma pessoa ou de uma família, muitas mudanças podem acontecer.

Inclusive, mudanças de casa, cidade, estado ou país, um casamento, filhos, mudança de emprego ou até mesmo de carreira.

Independente do seu estilo de vida ou padrão de renda, o planejamento lhe permite ter uma visão clara de quais mudanças podem te afetar de forma positiva ou negativa e de como você pode se ajustar aos contratempos financeiros.

O primeiro passo para um bom planejamento financeiro

Sem dúvida, para começar é essencial ter uma gestão financeira.

Isso nada mais é do que reunir e entender todos os seus documentos financeiros, é analisar as receitas, os gastos, se consegue fazer investimentos ou quando conseguirá, seguros e objetivos futuros.

Pode parecer difícil, mas eu juro que não é, só precisa fazer parte da nossa rotina entender o que acontece com o dinheiro que trabalhamos muito para ter.

Não deixe de sonhar, mas se organize para que o sonho vire realidade.

Você pode pegar mais dicas de gestão financeira aqui.

Reproduzir vídeo

Aguarde enquanto nossa agenda carrega...em seguida, escolha uma data 😀