fbpx

Será que estou endividado?

estou-endividado
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Essa é uma pergunta que aparentemente tem uma resposta simples para a maioria das pessoas. Afinal, qualquer um que tenha um pagamento em aberto está endividado.

Pronto, respondido. Certo? Na verdade não completamente, essa é somente parte da resposta. Isso porque, temos outro aspecto que é necessário analisarmos.

O que é considerado endividamento?

Além das contas em atraso, devemos considerar também o endividamento futuro.

Ou seja, aqueles compromissos financeiros futuros com dívidas como: empréstimos, financiamentos e compras parceladas que podemos ter.

Assim, podemos dizer que qualquer um que tenha algum compromisso financeiro vencido em aberto ou algum compromisso futuro com dívidas já adquiridas a vencer, está endividado.

Agora, estar endividado é necessariamente um problema?

Mais uma resposta negativa, estar endividado não é necessariamente um problema.

Na verdade é mais um sintoma do real problema: a falta de planejamento financeiro. Afinal, isso pode acabar gerando um desequilíbrio financeiro e aumentando cada vez mais o endividamento.

Então o real problema é o desequilíbrio financeiro gerado pela falta de planejamento, logo a pergunta mais importante de ser respondida é outra.

Será que meu orçamento está desequilibrado?

Para respondermos essa pergunta, é necessário antes entender o que um orçamento desequilibrado é.

De forma bem simples, um orçamento desequilibrado é o orçamento que gasta mais dinheiro do que ganha no mês a mês.

Esse desequilíbrio pode ser percebido por diferentes sintomas conhecidos por muitos de nós no dia a dia. É quando utilizamos o cheque especial frequentemente, ou precisamos consumir no cartão de crédito porque o dinheiro não durou o mês inteiro.

Agora, além dos sintomas, para entender se o seu orçamento está desequilibrado, é necessário ter um planejamento financeiro montado com previsões de entradas e saídas para os meses futuros.

Isso é importante porque, o desequilíbrio de orçamento não se dá em apenas um mês e sim em uma sequência de meses.

Para montar esse planejamento, basta somar todas as entradas prevista de cada mês e depois, deste valor, subtrair o total previsto de saídas de cada mês.

Se o resultado for positivo, quer dizer que está previsto sobrar dinheiro, se o resultado for negativo, será aí quer dizer que está previsto faltar dinheiro, ou seja, orçamento desequilibrado.

Como evitar as dívidas?

Por fim, mais do que saber se está endividado ou não, precisamos saber que é primordial ter organização e planejamento financeiro para termos uma boa saúde financeira e um orçamento financeiro equilibrado que, com certeza ajudará a sair das dívidas e te manterá longe delas.

Para isso, aqui na Plano, temos a Ana, nossa assistente financeira virtual que te ajudará a montar seu planejamento financeiro.

Ela te instrui a construir seu planejamento com previsão para os próximos 24 meses. Além disso, ao término, ela te dará um diagnóstico financeiro e um plano de ação para melhorar sua saúde financeira!

Tudo isso pelo whatsapp e gratuitamente! Para falar com a Ana pelo whatsapp, basta clicar aqui.

E para continuar acompanhando as novidades e dicas da Plano, veja nosso blog.

Reproduzir vídeo

Aguarde enquanto nossa agenda carrega...em seguida, escolha uma data 😀