fbpx

Finança pessoal saudável e novos hábitos pós pandemia

finança pessoal saudável
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Já se foi mais de um ano que vivemos mudanças intensas em nossas vidas e nos adaptamos às novas rotinas por conta da pandemia. O que impactou também em novos hábitos para o desenvolvimento de uma finança pessoal saudável.

Isso porque, muitas vezes, ao longo das medidas de distanciamento social a vida exigiu parte das pessoas importantes distantes, trabalho em mesas de jantar e impediu as voltinhas pelo shopping.

Mas será que este triste período pode trazer um novo momento de renascimento à humanidade?

Especificamente sobre esse assunto, pode mudar nossa relação com dinheiro e nos fazer ver o que de fato são prioridades em nossas vidas.

Houve uma intensa mudança de hábitos temporários que pudemos ver através de indicadores da economia. Além de ferramentas de tendências, em nossos círculos sociais e, inclusive, em nossos clientes.

Os indicadores deixaram evidente que quem não perdeu o emprego, teve muito mais saúde financeira.

Mudanças da vida financeira

Em um primeiro momento, houve um aumento do foco e disciplina com o susto no primeiro momento pela incerteza de futuro econômico.

Mas também fez com que as pessoas olhassem com muita atenção suas finanças.

Foi iniciado um processo de reorganização do que era possível de imediato e definindo limites de consumos.

E o nível de não esquecer pagamentos foi consideravelmente mais alto, a adimplência gera uma economia alta com contas que vencem e acabam passando por não serem lembradas.

Além disso, foi notado uma diminuição nas compras por impulsos de roupas e calçados, por simplesmente não shopping, aquele passeio à toa que se transforma em parcelas no cartão de crédito por coisas, na maior parte, desnecessárias. 

Consumos de restaurante e bares representam e muito no orçamento das famílias de classe média, quando o assunto é proporcionar lazer e encontros.

Consequentemente, o fim de semana sem poder ir a esses locais trouxe um equilíbrio financeiro no fim de semana. 

A finança pessoal saudável pelo isolamento

Contudo, a rotina se deparou com novos hábitos e comportamentos que, não naturais, mas eram facilmente terceirizados, como cozinhar o almoço de domingo, pintar um quarto – já que o condomínio não permite a entrada de prestadores de serviços – ou até cuidar da casa e das crianças.

Nem todas essas mudanças de hábitos que fomos forçados a aceitar, se manterá no pós pandemia, mas com certeza renderá algumas reflexões e alguns seguirão firmes.

Principalmente, após ser notado que as finanças pessoais de muitas pessoas e famílias se tornaram mais saudáveis e equilibradas.

Cada pessoa pode encontrar um equilíbrio e uma nova fase onde direcionar os frutos do trabalho e não falo só de dinheiro, mas também do tempo e energia.

Uma pergunta que pode ajudar: “Quando fomos libertados de ficar em casa, a felicidade ou prioridade será ir ao shopping ou encontrar as pessoas que gostamos?”

Você pode saber mais sobre o assunto no nosso blog.

Ricardo Hiraki Maila.

Sócio-fundador Plano.

Reproduzir vídeo

Aguarde enquanto nossa agenda carrega...em seguida, escolha uma data 😀