fbpx

De que forma é feito o diagnóstico financeiro?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ter uma vida financeira saudável é o sonho de qualquer pessoa, tanto no âmbito pessoal quanto no empresarial. E alcançar esse objetivo não é algo impossível, mas é preciso seguir algumas estratégias, como o diagnóstico financeiro. 

O primeiro passo para essa conquista é e entender os valores que entram e saem do seu caixa e fazer um diagnóstico.

Implementar um Diagnóstico Financeiro auxilia a conhecer as análises da sua conta, o principal objetivo é a mensuração de desempenho e modelo de financeiro, conseguindo visualizar um período anterior ao atual e também a projeção de valores para período posteriores. 

Essa análise é feita através de informações contábeis, registros, planejamento estratégico, etc. 

Diagnóstico Financeiro

Empresarial

Ter conhecimento e cuidar da saúde financeira de uma empresa é essencial, pois é responsável por controlar todas as questões do seu negócio.

As análises auxiliam no entendimento dos resultados e comportamentos da situação que se encontram ou se encontrarão:

Análise Retrospectiva: são análises de balanços, demonstrativos e informações registrados em planilhas e relatórios gerenciais, que permite a compreensão da situação atual.

Análises Prospectiva: incluindo a previsão de resultados das estratégias planejadas, visam apresentar os resultados do período atual e até 12 anos à frente. 

Ou seja, a ideia principal ao implantar o diagnóstico financeiro no seu negócio é saber quais são suas ameaças, quais ações você pode realizar a partir disso e qual a melhor forma de controlar ou mesmo, consertar a situação em que se encontra. Sem contar, prever e evitar possíveis crises.

Assim você pode ter noção dos processos realizados e avaliar no que vale a pena investir. 

Para desenvolver o diagnóstico da sua empresa você pode seguir alguns tópicos, como:

  • Faturamento
  • Despesas
  • Estoque
  • Capital de Giro
  • Provisão Orçamentária

Além disso, vale ressaltar que,  para conquistar um controle financeiro ideal para sua empresa, você também pode montar um DRE Gerencial, montar KPIs, um fluxo de caixa, além de fazer um controle de estoque e equipes.

Afinal, não é só se preocupar com o valor que entra, mas também com o que sai. E, mais que isso, para que o diagnóstico financeiro tenha resultado, precisa se tornar um processo regular, com informações precisas e atualizadas. 

Pessoal

Assim como para as empresas, ter suas finanças pessoais controladas é tão importante quanto, pois oferecem uma realidade mais tranquila e equilibrada. Seguem os mesmos princípios e fundamentos que o diagnóstico financeiro empresarial. 

Este é composto pelo levantamento da realidade financeira familiar, com os seguintes tópicos:

  • Orçamento: previsão do que está por vir
  • Controle Financeiro: levantamento do que acontece
  • Diagnóstico: comparação de ambos

Os principais pontos de análise para o diagnóstico financeiro pessoal é a renda e as despesas da família. Lembrando que as despesas podem ser rotineiras – do cotidiano – ou  eventuais – ocorrem ocasionalmente. 

As mais preocupantes são as eventuais que, quando fogem do controle podem prejudicar saúde financeira. 

Mas uma coisa que não varia entre o diagnóstico empresarial e pessoal são as vantagens que essa estratégia pode garantir, pois ele auxilia em evitar inadimplência, a concretizar objetivos e sonhos, reduzir custos/gastos e reestruturar a sua vida financeira. 

Ou seja, independente do fim, ter um diagnóstico financeiro é muito importante para quem deseja uma vida financeira organizada e tranquila. 

Precisa de ajuda para montar o seu e quer saber mais sobre isso? Continua acompanhando a Plano e entre em contato. 

Reproduzir vídeo

Aguarde enquanto nossa agenda carrega...em seguida, escolha uma data 😀