fbpx

10 dicas para acelerar suas Finanças Pessoais.

Acelerar suas finanças pessoais
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Se existe um assunto que todos gostariam de acelerar suas finanças pessoais e mesmo que eu não seja fã de lista de dicas que prometem sucesso, não da para negar que nesse caso, podem ajudar.

Então, se podemos usar sobre algo realmente importante. Vamos lá!

Seguem minhas 10 dicas para termos – ou chegarmos mais próximo – sucesso nas Finanças Pessoais .

1 – Faça seu Planejamento Financeiro Pessoal.

Não precisa ser algo complexo, o importante é você ter previsão dos meses futuros do seu orçamento e que com antecedência consiga mover atividades para mirar no mais saudável. 

2 – Acompanhe com metas seu realizado.

Uma vez que sabe o que está previsto em seu orçamento e percebe que tem possibilidades de torná-lo mais saudável, passe a acompanhar de perto o que está acontecendo de fato. Especialmente na parte de consumos (mercado, combustível, restaurantes etc) reforce a atenção, é aqui que acontece a tentação. 

3 – Tem dívidas? Renegocie ou troque elas.

Trocar taxas de juros mais altos por menores em qualquer dívida é simplesmente salvar um dinheiro que pode ter outras funções.

Se no seu planejamento o orçamento tem desequilíbrio, então pense em parcelas que são viáveis para seus meses futuros.

4 – Faça uma limpeza cíclica.

Sabe aquelas despesas fixas que estão esquecidas? Faça uma limpeza cíclica nelas, todo começo de ano, semestre, etc.

O importante é correr atrás daquele pacote de TV desatualizado, encerrar assinaturas e cancelar aquele cartão de crédito sem uso e que tem anuidade.

Pode parecer pouco, mas esses valores pagarão muitas pizzas ao longo do ano.

5 – Simplifique!

Um dos grandes desafios para acelerar suas finanças pessoais é ter disciplina. Então o mais fácil para manter a rotina é ter um orçamento simplificado.

Quero dizer, evite compras parceladas, evite dívidas desnecessárias, etc.

Quanto menos tiver, menos tempo precisará para administrar. 

6 – Tenha uma reserva o quanto antes. 

Surpresas acontecem, mas com uma reserva de emergência você terá como financiar a situação sem as altas taxas de juros de empréstimos.

Além disso, uma reserva gera uma maior segurança em momentos em que você precisa correr maiores riscos, como por exemplo no momento que está buscando novos empregos. 

7 – Compartilhe do assunto com a Família e Amigos.

Finanças pessoais não pode ser tratado como tabu. Faça com que sua família participe do orçamento, mesmo as crianças.

Irá aliviar as atividades e todos remarão para as mesmas metas, troque ideias com os amigos sobre. O aprendizado mútuo irá ajudar a todos. 

8 – Aprenda sobre investimentos

Para quem está começando é desafiador e confuso, mas aprender sobre investimentos fará muita diferença nos resultados futuros das suas aplicações.

Entenda que juros compostos são mágicos, especialmente no longo prazo. 

9 – Crie o hábito de salvar. 

A rotina de salvar dinheiro fará com que tenha o hábito; e produzirá uma prazerosa sensação de segurança. 

10 – Se conheça!

O mercado do consumo sabe muitos gatilhos psicológicos para nos fazer consumir, e em grande parte das vezes são consumos desnecessários.

Saber o que é importante de verdade para você ajudará na resposta se vale ou não a pena comprar aquele celular de última geração. 

Sucesso a todos! Para saber mais, não deixe de acompanhar nosso blog.

Ricardo Hiraki Maila.

Sócio-fundador da Plano.

Reproduzir vídeo

Aguarde enquanto nossa agenda carrega...em seguida, escolha uma data 😀