fbpx

FINANÇAS PESSOAIS

Tesouro direto: o investimento mais seguro para você fazer hoje.

Entenda por quê o tesouro direto está se tornando um investimento tão procurado nos últimos anos.

Plano finanças pessoais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter

Para quem está começando a investir, ou a se conectar a este mundo de investimentos, o tema Tesouro Direto não ficará escondido. Ao contrário do modo como tesouro costuma aparecer, ou seja, como algo secreto, este é amplamente conhecido, e, felizmente, acessível para todo mundo. Para ajudar você a ter mais segurança para começar a investir, vamos explicar hoje o que é o tesouro direto e seus diferentes tipos.

O Governo Federal do Brasil possui o Tesouro Nacional, que nada mais é do que a reserva monetária do país. Assim como qualquer empresa, ou família, o governo também tem suas despesas e dívidas e, para não usar suas reservas para arcar com isso, decidiu criar uma modalidade de “pegar um empréstimo” com a população. Essa forma é o tesouro direto.

O tesouro direto, nada mais é do que uma forma de você investir no governo federal. Para isso, o governo usa o tesouro nacional como garantia e emite títulos do tesouro para captar dinheiro com a população. É como se ele dissesse ao investidor:

“Eu tenho essa parte aqui do tesouro nacional, você me empresta o dinheiro equivalente a ela e eu te devolvo no vencimento com juros em cima deste valor e assim o seu dinheiro rende”.

Ou seja, você vai investir no governo federal que tem como garantia o tesouro nacional. Consequentemente, a o tesouro de toda a nação é a sua garantia também. É exatamente por isso que investir no tesouro direto é muito seguro, com risco quase zero sendo, inclusive, o investimento financeiro de menor risco do país.

Além disso, o seu dinheiro não fica preso porque esta modalidade possui liquidez diária o que significa na prática que você pode investir no tesouro direto hoje e, se precisar, resgatar o seu dinheiro amanhã. É tão simples como parece.

Agora que já esclarecemos alguns pontos, vamos ao principal. Quanto isso rende?

No que diz respeito a rentabilidade, existem três produtos diferentes de tesouro direto. O tesouro SELIC, o tesouro IPCA+ e o tesouro pré-fixado.

A rentabilidade do tesouro SELIC é sempre atrelada a taxa SELIC que é a taxa básica de juros do país. Essa taxa é definida pelo governo e hoje está em 6,5% ao ano;

A rentabilidade do tesouro IPCA+ é sempre atrelada ao IPCA que nada mais é do que o índice que mede a inflação no país. O nome deste investimento é IPCA+ pois o rendimento será a inflação MAIS alguma coisa (IPCA + 5% ao ano por exemplo) onde esse valor a mais, será definido no dia do investimento e fixo. Assim, o tesouro IPCA+ garante ganhos sempre acima da inflação;

A rentabilidade do tesouro pré-fixado é sempre fixa e não depende de nenhuma outra taxa (10% ao ano, por exemplo) e sua rentabilidade será definida e fixa no momento do investimento;

Dica: O site do tesouro direto oficial define e divulga todo dia os preços e taxas praticados. Para conferir, basta acessar:

http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto-precos-e-taxas-dos-titulos

Como comparação, o tesouro direto rende sempre melhor que a poupança, por conta das regras da poupança. Em uma simulação, com os valores de hoje, veja quanto o seu dinheiro renderia investindo R$ 1000,00:
Tesouro Direto: o investimento mais seguro   para você fazer hoje.

Por último, como e em qual modalidade investir no tesouro direto? Os títulos do tesouro direto são negociados na bolsa de valores e, para investir, você precisará de um intermediário (banco ou corretora de investimentos).

Concluindo, o tesouro direto é o mais democrático dos investimentos e está disponível para qualquer um que queira investir. É possível começar a investir a partir de R$ 30,00.

Hoje você pode conhecer bem as opções disponíveis e investir, sem medo! o Tesouro Direto é uma chance, também, de participar diretamente do financiamento de obras públicas e ser uma mão a empurrar o país para frente.

Se quiser conhecer um pouco mais a respeito deste tipo de aplicação, conte conosco. Voltaremos a falar sobre este assunto aqui no blog, também. Acompanhe por aqui e até breve.

Quero organizar minha vida financeira. Plano, me envie sua newsletter.

Aguarde enquanto nossa agenda carrega...em seguida, escolha uma data 😀