FINANÇAS PESSOAIS

Cartão de crédito: vale a pena ter?

Essa é uma pergunta que toda pessoa que quer ou tem um cartão de crédito já se perguntou, afinal, os juros são altíssimos e os benefícios não são tão nítidos caso aconteça algum imprevisto.

Ricardo Hiraki

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter

Essa é uma pergunta recorrente entre os leitores e clientes, mas claro que não teremos resposta clara e objetiva como todos sempre esperaram ouvir, tudo depende do perfil de consumo e amadurecimento em relação as finanças pessoais.

O caminho para cada um ter a resposta é gerar conhecimento e ir colocando na balança os pesos positivos e negativos. Pessoas que consomem por impulsivo e se endividam costuma tomar a atitude de tesourar o cartão para não correr o risco, como primeira medida até considero isso bastante simbólico, mas é importante evoluir para entender o motivo que a levam consumir de um modo não saudável, sempre sugiro o caminho do auto conhecimento e da educação financeira, essa combinação é muito importante na vida das finanças, muito além do cartão.

Entre benefícios do cartão que atendem a todos é a segurança e praticidade, pois é muito mais arriscado andar com dinheiro no bolso, no cartão existem recursos que nos dão maior segurança contra roubos e fraudes. Também temos a praticidade de realizar compras mais rápidas e em diversos meios.

Em situações de aperto no mês, também pode ser usado como uma pequena reserva de emergência, onde é possível jogarmos despesas para o futuro e sem juros eventualmente, mas claro que para isso é preciso ter uma educação financeira e saber como organizar seu orçamento, para não se afogar em parcelas futuras.

Muitos me falam do programa de benefícios e aqui podemos buscar uma parte da resposta mais objetiva, o segredo aqui é achar o cartão com o programa de benefícios adequado ao seu perfil, não sonhar com o status de um cartão "black" e pegar uma anuidade de eventualmente R$1.200,00 sendo que não usa o cartão e também não o contrário, gastar mais de R$10 mil em compras no crédito e não ter nenhum programa. O segredo é conhecer seu perfil médio de consumo e calcular, por exemplo: Descubra o seu gasto médio mensal em crédito, vamos supor R$2.000,00 (com organização financeira é possível passar tudo no cartão) , se o programa dá 1,5 ponto a cada dólar gasto, então em teoria você teria por volta de 900 pontos por mês, em um ano 10.900 pontos aproximadamente. Eu costumo sugerir que considerem que a cada 10 mil pontos você ganhou R$250,00 (é um valor médio que algumas empresas compram esses pontos). Então a resposta objetiva para nosso exemplo é que se sua anuidade for menor que R$250,00, nesse perfil vale a pena. Então, essa continha pode ajudá-lo a responder.

Claro que ainda existem mais fatores para pesar, como para aquelas que viajam muito e podem ter acesso as salas VIPs; status na hora da compra com o cartão bacana, alguns mimos que ganhamos das administradoras etc.

Bom, com disse no inicio não existe resposta direta, é preciso ter conhecimento sobre si, educação e disciplina financeira para escolher se é bom ter o cartão e se sim, qual o cartão adequado. Mas se querem uma resposta objetiva sobre algo do cartão de crédito, se tiverem, tenham certeza que podem pagar a fatura, os juros que cobram são destruidores.

Quero organizar minha vida financeira. Plano, me envie sua newsletter.